domingo, fevereiro 19, 2012

Na Palma Da Mão: Cap. 12

Gente mais uma vez venho pedir que me desculpem a demora, vou ter que fazer uma coisa, chata, chatíssima. Vou passar a postar os capítulos apenas no final de semana. Quando der eu adianto para uma segunda, ou terça, e assim por diante. Espero que entendam.
Eu sei de você
 
Como diriam muitos o caso de Vick era considerado INJUSTIÇA. Após ser expulsa de casa e ter o seu segredo descoberto pelo pai de Ruan, a pobre garota não estaria preparada pelo que viria a seguir.
Jorge estava com sangue no olho, ele queria seus lucros novamente. Ele queria morte. Mortos. Toda essa história de milagre, de pré-morto ganhar um sopro de vida não estava deixando ele nada feliz. E depois que ele descobriu que tinha alguém por trás de tudo estava mais que disposto a correr atrás do que ele sempre teve e principalmente, do seu nome no maldito portfólio da família.
Mas Jorge não sabia ainda como a garota fazia o que fazia. Aquilo ainda não fazia sentido para ele. Teria algum sentido ao menos?
Do que ele conhecia aquilo parecia magia, alguma coisa ela fazia. Só tinha uma forma de saber... “Se a garota foi expulsa de casa, os pais dela devem ter descoberto” pensava ele. Ele conhecia Estela e Heitor, conhecia-os desde a adolescência. Então foi até a casa deles.
            - Jorge? Quanto tempo! – dizia Estela surpresa – Lamento dizer que não veio em boa hora, Heitor não está.
            - Ora Estela, não tem tanto tempo assim. Mas não quero falar com Heitor.
            - Comigo? – ela perguntou com o dedo apontado para o próprio peito, e ele acentiu. – Então entre Jorge e diga o que veio me falar, espero que não seja problemas.
Ele não tinha como ser menos direto...
            - Sua filha meche com magia negra?
            - Aquela maldita! Está sujando o nome da minha família. Quanto você quer para ficar calado? Nem precisa por muito tempo, ela não vai ficar viva até lá. Posso colocar toda a culpa na magia dela – pensou alto ela.
- Morta? – ele também pensava alto – Meus negócios iriam voltar.
- Ela também está te dando problemas? – ele fez que sim com raiva. – Não por muito tempo, que tal uma parceria?
Isso é o que podemos chamar de parceria do mal. Isso sim é a verdadeira Cruela e o Lobo Mal.

Continua...

2 comentários:

Viviane Cândido disse...

Nossa senhora, não quero nem imaginar a maldade que esses dois juntos podem fazer. Pena da Vick!

A história está ótima, Quel.

beijos

Raquel Miranda disse...

Obrigada! Eu espero que os próximos capítulos possam te agradar também.
Beijinhos

Postar um comentário

Oque vocês acharam? Vou adorar saber a opinião de vocês!
beijos e voltem sempre!